• Post category:Expansão

Angola compra vacinas Sputnik V quase ao dobro do preço de mercado

Angola compra vacinas Sputnik V quase ao dobro do preço de mercado

Angola vai comprar 6 milhões de doses de vacinas Sputnik V da Rússia, por 111 milhões USD, de acordo com o Decreto Presidencial n.º 35/21 de 26 de Março, o que significa que cada dose vai custar 18,5 USD (basta dividir o dinheiro pelas doses), ou seja, quase o dobro do preço praticado no mercado internacional, já que esta vacina está a ser vendida entre os 8 e os 13 USD, segundo apurou o Expansão.

Quando foi anunciado o início da comercialização da Sputnik V, o RDIF (Fundo de Investimento Directo Russo), proprietário da vacina, indicou que a sua vacina seria comercializada abaixo dos 10 USD. Foi esta mesma informação que passou à Agência Europeia de Medicamentos (EMA), quando entregou o processo de aprovação para comercialização da vacina no espaço europeu.

A juntar a esta informação, os jornais sul-americanos dão conta que a Argentina, Bolívia, Paraguai e México terão comprado a Sputnik V a 8 USD a dose, sendo que este é também o valor de referência acordado com a Venezuela e o Brasil, embora nestes casos existam particularidades, pois há a possibilidade de a vacina ser produzida nestes países. Na pesquisa feita pelo Expansão, o valor mais alto atribuído à Sputnik V é referido por um site de informação italiano, onde se diz que a Itália estaria a negociar a compra destas vacinas perto dos 13 USD. Ainda assim, muito longe dos 18,5 USD que Angola se propõe pagar.

Mas a diferença é muito maior se compararmos com o plano de vacinação da União Africana, que está a centralizar a compra de vacinas, numa central de compras, com o apoio de uma linha de crédito do Afreximbank – Banco Africano de Exportações e Importações. A UA propõe-se comprar 400 milhões de doses da vacina da Johnson & Johnson, sendo que depois cada País poderá solicitar uma quantidade das doses, contratualizadas pelo preço de 5 USD. Se tivermos em linha de conta que se trata de uma vacina de dose única, percebe-se que a imunização de cada cidadão através deste mecanismo custará 5 USD, enquanto que com a compra da Sputnik V, nas condições do decreto presidencial, a imunização em Angola irá custar 37 USD (duas doses), 7,2 vezes mais. Para se ter uma ideia, três milhões de angolanos que serão imunizados com a Sputnik V vão custar 110 milhões USD, sendo que com a Johnson & Johnson custariam 15 milhões USD, uma diferença de 95 milhões USD.

Ministério não comenta

O Expansão tentou obter uma explicação por parte do Ministério da Saúde, mas a resposta obtida é que não está autorizado a falar sobre o assunto, embora um dos quadros da tutela, sob promessa de anonimato, tenha avançado com uma explicação: “Não são 6 milhões de doses, mas 6 milhões de vacinas, sendo que cada uma delas é composta por duas doses. Ou seja, significa que estamos a falar de um preço por dose de 9,25 USD e um custo de imunização de 18,5 USD por cidadão”.