Petróleo rende 486,2 mil milhões de kwanzas em Março

Petróleo rende 486,2 mil milhões de kwanzas em Março

As exportações petrolíferas angolanas do mês de Março renderam ao país 486,2 mil milhões de kwanzas, mais 154,7 mil milhões em relação aos 331,7 mil milhões de Fevereiro, segundo o relatório da Direcção de Tributação Especial da Administração Geral Tributária (AGT), publicada na página institucional do Ministério das Finanças.

Foram exportados 30,6 milhões de barris ao preço médio de 45,74 dólares. A contribuição da Concessionária Nacional, Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG), nesse mês, foi de 379,2 mil milhões de kwanzas. Em termos consolidados, o I Trimestre deste ano rendeu já às contas do país mais de um bilião de kwanzas em exportações petrolíferas, alinhando-se com as previsões orçamentais.

Nos dois primeiros meses deste ano, a receita fiscal petrolífera atingiu o valor de 633,7 mil milhões de kwanzas, com a exportação de 71 milhões de barris de crude.

Segundo os dados da Direcção de Tributação Especial da AGT, em Fevereiro as receitas cifraram-se em 331,7 mil milhões, com a exportação de 34,6 milhões de barris ao preço médio de 55,79 dólares. Comparando com o mês de Janeiro, deste mesmo ano, os dados apontaram para um aumento das receitas fiscais petrolíferas na ordem dos 8,7 por cento. 

Em Janeiro, as receitas petrolíferas atingiram os 302,5 mil milhões de kwanzas, numa altura em que foram exportados 36,7 milhões de barris de petróleo, ao preço médio de 49,62 dólares.

Estiveram na base da referida receita, de acordo com as declarações fiscais submetidas à AGT pelas companhias, que inclui a Concessionária Nacional – Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG), o Imposto sobre o Rendimento do Petróleo (IRP), sobre a Produção do Petróleo (IPP) e sobre a Transacção do Petróleo (ITP).

Do total da receita, nos dois meses (Janeiro e Fevereiro), os valores da Concessionária Nacional “Agência Nacional de Petróleo e Gás” foi de 435,8 mil milhões de kwanzas.