• Post category:Expansão

Agrónomos, operadores de máquinas e técnicos de saúde estão entre as profissões mais procuradas em Angola até 2024

Agrónomos, operadores de máquinas e técnicos de saúde estão entre as profissões mais procuradas em Angola até 2024

Agricultores e agrónomos, operadores de diversos tipos de maquinaria e técnicos de medicina e saúde pública serão as profissões mais procuradas em Angola, nos próximos 4 anos, segundo o estudo da EY sobre a evolução do mercado de trabalho no país.

O estudo prevê um “aumento continuado na criação de postos de trabalho”, transversal a todos os sectores, estimando que em 2024 existam 14,7 milhões de empregos, mais 20% do que os 12,2 milhões contabilizados em 2019.

Serviços de apoio às empresas (que compreende actividades financeiras e de seguros, actividades de consultoria, científicas, técnicas e similares e actividades administrativas e dos serviços de apoio) e alojamento e restauração são os sectores que irão crescer mais, com taxas de crescimento de 6,8% e 6,1%, respectivamente, entre 2019 e 2024. Mas não é nestes sectores que Patrícia Vicente, manager de People Advisory Services da EY, identifica mais oportunidades de emprego.

Entre as profissões mais relevantes a nível técnico e operacional, e onde se espera uma maior procura para “alavancar a recente dinâmica da economia angolana”, estão os “agricultores e agrónomos, operadores de diversas tipologias de maquinaria e técnicos de várias especialidades da medicina e da saúde pública”, refere a consultora. Contudo, a necessidade por profissões será “vasta”, nos mais variados sectores económicos. “Importa referir que as profissões são dinâmicas e, como tal, vão aparecendo e desaparecendo, consoante as necessidades e o ritmo de desenvolvimento económico de cada sociedade”, resume Patrícia Vicente.