Um milhão de doses para a segunda fase da campanha de imunização

Um milhão de doses para a segunda fase da campanha de imunização

Um milhão de doses da vacina da AstraZeneca estão disponíveis para a segunda fase da campanha de imunização contra a Covid-19, que começa hoje, em todo o país.

Vacina da AstraZeneca estão disponíveis para a segunda fase da campanha © Fotografia por: Arão Martins | Edições NovembroPara esta etapa estão abrangidos os profissionais de Saúde, efectivos dos órgãos de Defesa e Segurança, professores e pessoas com mais de 65 anos e comorbilidades. Em Luanda, os grupos alvos devem dirigir-se aos postos de vacinação do Complexo Turístico Paz Flor, no Morro Bento, bem como ao Magistério Mutu-ya-Keve-la, no Distrito Urbano da Ingombota.

O secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, lembrou que cada cidadão deve apresentar o cartão de vacina e o impresso de cadastro com o código de barra, para facilitar o trabalho dos técnicos no local.
As autoridades sanitárias informam, também, que será enviada uma mensagem, por  telefone ou email, a todos os cidadãos abrangidos nesta fase da campanha de vacinação.

O Plano prevê vacinar cerca de 62 por cento da população e reduzir a mortalidade, o aumento de casos de Covid-19 e permitir a retoma das actividades económicas e sociais.

O Executivo prevê, em Maio, receber mais um lote de 20 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 da Johnson & Johnson, Pfizer e Sputnik. Trata-se de um lote de 12 milhões de doses da vacina Sputnik, para imunizar seis milhões de pessoas, mais de quatro milhões da Johnson & Johnson e mais de um milhão da Pfizer.

Duas mortes e 178 casos em 24 horas
Angola registou, nas últimas 24 horas, duas mortes, 178 infecções e nenhum recuperado da Covid-19.
De acordo com o boletim epidemiológico da Direcção Nacional de Saúde Pública (DNSP), as mortes ocorreram em Luanda e as vítimas são do sexo masculino, com 45 e 59 anos.

Em relação aos infectados, 173 foram em Luanda, três na Huíla e dois no Bengo, com idades compreendidas entre nove meses e 84 anos, sendo 95 do sexo masculino e 83 do sexo feminino.

Nas últimas 24 horas, foram realizados 1.236 testes por RT-PCR, elevando para 505.916 amostras processadas, desde Março do ano passado, com uma taxa de positividade de 5,3 por cento.
Nos pontos de entrada e saída de Luanda, as autoridades sanitárias testaram 841 cidadãos, dos quais 16 positivos, sendo 12 no posto de Maria Teresa e 4 em Cabo Ledo.

Com os últimos dados, o país tem um cumulativo de 26.993 casos confirmados, dos quais 23.913 recuperados, 602 óbitos e 2.478 activos. Dos activos, 9 estão em estado crítico, 18 graves, 99 moderados, 82 leves e 2.270 assintomáticos.
Nas unidades sanitárias estão em internamento 208 pacientes, 125 cidadãos em quarentena institucional e 1.524 contactos sob vigilância epidemiológica.