• Post category:Expansão

Quase metade do crédito para aumentar a produção nacional foi para a indústria

Quase metade do crédito para aumentar a produção nacional foi para a indústria

Quase metade dos financiamentos desembolsados, no âmbito do Programa de Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI) foi concedido a projectos do sector da indústria transformadora e indústria alimentar, perfazendo 44% do total.

Entre 2019 e os primeiros quatro meses de 2021, a rede de bancos que aderiu ao programa concedeu 68,1 mil milhões Kz para a indústria transformadora, cerca de 30% do total desembolsado, e 34,2 mil milhões Kz à indústria alimentar, ou seja 15%.

No último balanço do Ministério da Economia e Planeamento (MEP), apresentado esta semana e publicado no site do PRODESI, as estatísticas de crédito ao sector produtivo apontam que já foi disponibilizado um total de 232 mil milhões Kz para financiar a fileira de 54 produtos de oito sectores de actividade eleitos pelo Governo como prioritários para a diversificação das exportações e substituição das importações.

A produção pecuária, com 53,6 mil milhões Kz, o equivalente a 23,2% do financiamento total do PRODESI, é o segundo sector que agregou mais dinheiro, seguindo-se a agricultura com 49,0 mil milhões Kz. Durante o período em análise, os dados do PRODESI, divulgados pelo MEP, indicam que foram aprovados 767 projectos no valor de 533,7 mil milhões Kz.

Deste valor, 232 mil milhões, 43%, foram desembolsados, enquanto 302,7 mil milhões Kz, o correspondente a 57%, estão retidos na rede dos bancos que aderiram ao PRODESI, ou seja, estão disponíveis para o financiamento, revelando uma marcha de cedência de crédito mergulhada em dificuldades, por falta de garantias.

Instrumentos financeiros

O MEP está a trabalhar com seis linhas de financiamento ao sector produtivo, com destaque para o Aviso 10/20, do BNA e o Decreto Presidencial 98/20, que define as regras de financiamento às importações de fertilizantes e à compra de bens de origem nacional.

A concessão de crédito pelas instituições financeiras, com base no Aviso 10/20 do BNA, já ronda os 80% dos 232,0 mil milhões Kz desembolsados para os oito sectores de actividades eleitos no âmbito do PRODESI.