Porto de Luanda: Dubai Port World introduz tecnologia de gestão em tempo real

Porto de Luanda: Dubai Port World introduz tecnologia de gestão em tempo real

A empresa dos Emirados Árabes Unidos, Dubai Port World que gere, desde Janeiro último, o terminal multiuso do Porto de Luanda, introduziu recentemente um software, através do qual os movimentos dos navios e do pátio podem ser acompanhado em tempo real pelos empresários que têm carga por levantar ou despachar, a partir de qualquer ponto do mundo.

O processo é feito por meio no CARGOES TOS + Terminal Operating System (TOS) baseado na nuvem, parte da sua plataforma de software interna Zodiac.

De acordo com o Director de Tecnologia da DP World, o sistema, baseado em nuvem (Internet) foi implantado há dois meses, como parte dos investimentos que a empresa DP World está a fazer em actualizações no Porto de Luanda e de outros em África.

“Nossa missão é encontrar soluções para resolver os desafios de nossos clientes e parceiros. E estamos focados em causar um impacto econômico e social positivo por meio do fornecimento de nossa tecnologia e soluções digitais”, disse o COO de Logística e Tecnologia da DP World, Mike Bhaskaran.

Aquele responsável considera as medidas tecnológicas introduzidas no Porto de Luanda, como “um grande exemplo de como a DP World está permitindo um comércio mais inteligente para as economias emergentes competirem em um cenário global”, tendo garantido que o aplicativo que está a ser agora usado na DP World Luanda já foi implementado em 87 portos em todo o mundo, incluindo DP World Limassol, Chipre, onde o TOS baseado na nuvem do Zodiac é usado para Carga Geral.

CARGOES TOS + é uma plataforma integrada para terminais de TI e sistemas operacionais, fornecendo aos usuários informações em tempo real sobre os movimentos do navio, portão e pátio. O projeto de software começou na sequência da assinatura do acordo de concessão de 20 anos entre o governo angolano e a DP World a 25 de janeiro de 2021.