• Post category:Novo Jornal

Homem de 26 anos morto a tiro durante confronto de gangues em Benguela

Homem de 26 anos morto a tiro durante confronto de gangues em Benguela

Filipe Kuvalela Kapoko, de 26 anos, foi morto a tiro por um elemento de uma gangue rival durante um confronto entre os dois grupos, no município da Ganda, província de Benguela.

Segundo o Serviço de Investigação Criminal (SIC) geral, o suspeito, de 19 anos, detido, alvejou a vítima com recurso a uma arma de fogo do tipo pistola de marca Star, na noite deste Domingo, na via pública.

Ao Novo Jornal, o superintendente de investigação criminal, Manuel Halaiwa, disse que o suspeito confessou a autoria do crime, alegando que o facto foi motivado pela rixa entre gangues rivais.

“O suspeito foi detido após colocar-se em fuga, quando notou que efectuou dois disparos que culminaram na morte de Filipe Kuvalela Kapoko, de 26 anos, durante uma briga entre dois grupos rivais”, descreveu, salientando que o homem, após a sua detenção, revelou ser autor dos disparos e proprietário da arma de fogo.

Manuel Halaiwa sublinhou que o suspeito, durante os interrogatórios, revelou que adquiriu a arma na província do Huambo “e com a mesma já realizou vários assaltos à mão armada na província do Huambo e está há 4 dias no município da Ganda, com finalidade de se juntar a um amigo residente naquele município”.

Segundo o responsável pela comunicação do SIC-geral, o homem acusado de homicídio voluntário e posse ilegal de arma de fogo, será presente nesta quinta-feira (03) ao magistrado do Ministério Público (PM) junto do SIC-Benguela.