Rolls-Royce Boat Tail é o carro mais caro do mundo

Rolls-Royce Boat Tail é o carro mais caro do mundo

O supercarro denominado Boat Tail foi apresentado recentemente pela Rolls-Royce e ocupa agora a liderança do ranking entre os carros mais caros do mundo, batendo o record do Bugatti La Voiture Noir, avaliado em cerca de 13.4 milhões de euros, que até há cerca de uma semana ainda ocupava o posto.

Com apenas três unidades no mundo, o modelo conversível da Rolls-Royce custa 28 milhões de dólares, tendo sido desenvolvido do zero junto aos compradores, em um processo que levou quatro anos para ser finalizado. O resultado, além de ser o carro zero quilómetro mais valioso do mundo, é uma construção inédita da marca, inspirada pelo design náutico contemporâneo. De acordo com a montadora, o pedido dos três clientes milionários foi justamente “algo que eles nunca haviam visto antes”.

“O Boat Tail é o ápice da colaboração, ambição, empenho e tempo. Ele nasceu do desejo de celebrar o sucesso e criar um legado duradouro e, com essa realização notável, forja um momento crucial na história de nossa marca e no cenário de luxo contemporâneo”, declarou Torsten Müller-Ötvös, chefe-executivo da Rolls-Royce.

Com 1.800 peças, o veículo é inspirado pelo conceito de um clássico: o Rolls-Royce Boat Tail Tourer, exemplar de 1932, cuja parte de trás simulava a polpa de um barco. Agora, a novidade repaginada tem uma traseira que imita o casco de um iate classe J, e é ali que ficam os elementos mais luxuosos do carro. “O Boat Tail é um contraponto distinto ao luxo industrializado”, afirma o diretor de design da marca, Alex Innes.

Para apreciar uma refeição, Boat Tail conta com uma dupla de bancos dobráveis de fibra de carbono, duas mesas de coquetel e um guarda-sol embutido em sua traseira. Por dentro, a máquina dispõe de duas geleiras, dois relógios suíços Bovet 1822 e um motor biturbo V12 de 6.75 litros e 563 cv, o mesmo do modelo Rolls-Royce Phantom.