• Post category:O País

Taxista atropela mortalmente agente de trânsito

Taxista atropela mortalmente agente de trânsito

Um agente de trânsito, que em vida respondia pelo nome de Mateus Manuel, foi atropelado por um taxista, em Cacuaco, após o automobilista ter desobedecido à ordem de paragem. O taxista estava em estado de embriaguez e projectou o agente contra um camião.

De acordo com as informações disponibilizadas pela Polícia, o 3º Subchefe da PN, Mateus Manuel, de 49 anos de idade, Regulador do Trânsito, afecto à Secção de Trânsito de Cacuaco, em Luanda, perdeu a vida, na sexta-feira (11), atropelado, por um cidadão, nacional, taxista, que desobedeceu a ordem de paragem do agente e tentou colocar-se em fuga.

O infausto acidente ocorreu às 16:30 minutos, junto à pedonal cinzenta, na Estrada Nacional n° 100/Norte, onde o agente policial se encontrava em serviço e, este, ao apercerber-se que o condutor em causa, tencionava parar em local impróprio, efectuou o sinal para abortar a intenção, tendo o condutor desobedecido a ordem e ao meter-se em fuga atropelou mortalmente o Subchefe, que foi projectado e caiu entre as rodas detrás de um veiculo pesado, em circulação, do tipo Camião de marca CHECMAN, de cor Vermelha, sob matrícula LD-88-48-DB.

O taxista, identificado por Adão Baptista Mateus Afonso, já detido, ia abordo de uma viatura de transporte de passageiros, de marca TOYOTA Hiace, de cor Azul/Branco, com a chapa de matricula LD-38-23-CX, e encontrava-se em estado de embriaguez, tendo no teste do bafómetro, atingido a taxa de álcool 0,74 g/l.