• Post category:VOA

Namibianos querem investir em Malanje

Namibianos querem investir em Malanje

Empresários namibianos poderão investir na província angolana de Malanje nas áreas da agricultura, mineração e turismo, anunciou na segunda-feira, 21, o embaixador da Namíbia em Angola, Patrick Nandago.

O diplomata manifestou a intenção dos homens de negócio do seu país num encontro com o governador Norberto Fernandes dos Santos.

Nandago encontra-se de visita a Malanje até ao próximo sábado, 26, e afirmou que irá informar os empresários do seu país sobre as potencialidades de Malanje.

“Angola é um país muito fértil em solos aráveis, tem muita água,o oposto na Namíbia que é um país desértico e que muitas às vezes as estações de chuva não são suficientes para a irrigação e a sustentabilidade do nosso povo”, acrescentou.

O embaixador lamentou que vários acordos de cooperação assinados no passado estejam adormecidos, e afiirmou que isso se reflecte na falta de engajamentos e dedicação a nível ministerial.

O governador Norberto dos Santos admitiu que a geminação de Malanje com uma província namibiana poderá suprimir um dos problemas que o sector da agricultura enfrenta há várias décadas, o da produção de sementes.

“Angola tem que resolver a questão das sementes na agricultura. Quanto ao turismo posso dizer, claramente, que estamos a precisar empresários que possam desenvolver o turismo na província de Malanje”, assegurou.

A segurança pública e os direitos humanos dominaram esta terça-feira, 22, os encontros separados entre o delegado do Ministério do Interior e comandante provincial da Polícia Nacional e com os directores provinciais dos serviços prisionais e de Migração Estrangeiro (SME) e o representante do Governo Namibiano.

Até ao próximo sábado, 26, Patrick Nandago, visita fazendas agropecuárias, empresas do ramo mineiro, exploração de madeira, a Faculdade de Medicina, o Instituto de Tecnologia Agro-alimentar, o Parque Nacional de Cangandala e outros pontos turísticos da região.