Resolução dos problemas de Luanda só será possível com autarquias, diz UNITA

Resolução dos problemas de Luanda só será possível com autarquias, diz UNITA

O secretário provincial da UNITA em Luanda, Armando Manuel da Costa “Nelito Ekuikui”, disse, em declaração ao Correio da Kianda, que os problemas actuais de Luanda, não se resolvem com a exoneração ou nomeação das figuras governativas, mas sim, com a descentralização.

O deputado falava em reacção a exoneração de Joana Lina, do cargo de governadora de Luanda, e nomeação da nova inquilina do palácio provincial da capital, Ana Paula de Carvalho, nomeada, na tarde desta quarta-feira, 30, pelo Presidente da República, João Lourenço.

Nelito Ekuikui avançou ainda que Luanda é daquelas províncias que precisa com urgência de realizar eleições autárquicas para conferir os poderes à nível dos municípios e que os problemas de Luanda nunca foram de Joana Lina, nem da nova governadora.

O antigo adversário político de Joana Lina, enquanto primeira secretária provincial do MPLA em Luanda, disse ainda que esta exoneração também demonstra instabilidade governativa no âmbito central e provincial de Luanda.

De recordar que desde que João Lourenço tomou posse, em 2017, como Presidente da República, Luanda já teve cinco governadores provincias em quatro anos de seu mandato, uma média que corresponde que a cada ano, João Lourenço muda de governador.

Já passaram pelo GPL durante o mandato de João Lourenço, o general Higino Carneiro, Adriano Mendes de Carvalho, Luther Rescova, Joana Lina e a actual, Ana Paula Chantre Luna de Carvalho.