IGAPE lança concurso de privatização do Kero

IGAPE lança concurso de privatização do Kero

O concurso de privatização de nove lojas da Rede de Supermercados e Hipermercados Kero é lançado, amanhã, (7), de forma virtual, pelo Instituto de Gestão de Activos e Privatização do Estado (IGAPE).

Ao que soube o Jornal de Angola, trata-se de cedência da gestão à privados, não estando prevista nesta fase a opção de compra. Este concurso também não inclui as lojas Xyami, assim como o imóvel do edifício do ex-GIKA, em Luanda, por tratar-se de espaço arrendado.

Sem estar incluído, inicialmente, no lote de 100 activos que o Estado se propôs privatizar ou ceder as suas participações nos referidas investimentos neste ano, a rede de lojas Kero passou a esfera pública no quadro das apreensões efectuadas de imóveis privados construídos com fundos públicos.

O Kero é uma empresa privada, constituída unicamente por capitais angolanos. Está inserida no mercado nacional, como uma empresa de Distribuição Moderna, dedicada á comercialização e distribuição de produtos Alimentares e Não Alimentares. Apresenta-se ao cliente angolano através de uma rede de Lojas com a insígnia KERO, no formato Hipermercado, Supermercado e Loja de Conveniência. Está presentes em várias províncias do país, mas é nas principais cidades, designadamente Luanda, Benguela, Lobito, Lubango e Huambo onde implantou as principais lojas.

O programa de Privatização do Governo, conhecido como PROPRIV, prevê privatizar mais de 190 empresas e/ou activos do Estado angolano até 2022 nos sectores da banca, agricultura, hotelaria e turismo, finanças, seguros, indústria, telecomunicações, petróleos, entre outros.