• Post category:VOA

Supremo Tribunal Militar de Angola não revela decisão sobre recurso do general António José Maria

Supremo Tribunal Militar de Angola não revela decisão sobre recurso do general António José Maria

O plenário do Supremo Tribunal Militar (STM) já decidiu sobre o recurso interposto à condenação do ex-chefe do Serviço de Inteligência Militar, general António José Maria, mas a defesa queixa-se de não saber dos termos dessa decisão nem dos fundamentos que a sustentam.

O advogado Sérgio Raimundo disse à VOA que o STM condicionou a entrega da decisão, tomada em segunda instância, a um pedido formal da defesa.

“No entender do Tribunal Militar nós só temos direito ao acesso à decisão depois de requerer uma certidão a essa decisão, nunca vi! ”, sustentou.

O antigo homem forte da secreta angolana foi condenado a 22 de Novembro de 2019 a uma pena de três anos de prisão maior pela prática do crime de extravio de documentos que contêm informação de carácter militar, previsto e punível pela Lei dos Crimes Militares.

O general na reforma, Zé Maria, continuou em prisão domiciliária, por quase dois anos, a aguardar que o recurso, com efeitos suspensivos, fosse transitado em julgado.

O advogado Sérgio Raimundo disse que, sem conhecer os fundamentos da decisão do STM, a defesa não sabe se terá tempo para avançar com um novo recurso, se a última decisão não for favorável ao seu cliente.

O causídico angolano assegurou que se o seu constituinte não for absolvido ou se for alterada a pena, ainda que para menos, “iremos recorrer ao Tribunal Constitucional ou ao Tribunal Africano dos Direitos Humanos”.

Raimundo voltou a acusar a justiça angolana de se ter “transformado em instrumento de propaganda política”.