• Post category:Mercado

Kibabo projecta “Retail Shopping”

Kibabo projecta “Retail Shopping”

Pedro Mateus disse que a infra-estrutura, considerada o maior projecto dentre os já existentes, vai ser implementada numa área de 1500 metros quadrados e reforçará a oferta de retalho do grupo, bastante presente em Luanda.

Conforme avançou Pedro Mateus, desde Setembro do ano passado, o Kibabo passou de cinco para 15 lojas, além de aumentar também o atendimento de cinco mil para 15 mil clientes/dia e passou de 500 para 1300 colaboradores. Adiantou que o grupo prevê até ao final deste ano abrir 20 lojas e concretizar mais dois mil postos de trabalho.

Em Setembro do ano passado, na inauguração do Mini-Kibabo, do Morro Bento, em Luanda, lojas do conceito de proximidade em que o grupo também está presente, o investidor Cremildo Paca disse acreditar ser na crise onde os grupos devem olhar para as oportunidades.

Conforme explicou, na ocasião, o grupo Kibabo acredita no mercado nacional e no potencial disponível. O conceito de mini-mercado, justificou, é uma loja de proximidade, onde se consegue albergar várias áreas, de forma a absorver a produção nacional. Este investimento é parte da estratégia de crescimento das lojas e da geração de postos de trabalho, além de tornar o comércio mais fluente em função das condições de mercado e com preços mais competitivos. O grupo foi contemplado com o programa de “Alívio Económico”.