• Post category:Mercado

PR autoriza liquidação da dívida das obras da barragem de Luachimo

PR autoriza liquidação da dívida das obras da barragem de Luachimo

O ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, anunciou, esta sexta-feira,27, que o Presidente da República, João Lourenço, autorizou a liquidação da dívida de dois anos com o empreiteiro das obras de ampliação da barragem do Luachimo.

Em declarações à imprensa, o ministro avançou que foi orientado a resolver tal situação, num trabalho conjunto com o Ministério das Finanças, nos próximos dois meses, para que o projecto tenha a sua conclusão no primeiro semestre de 2022.

As obras em curso, desde 2018, vão elevar de 8,4 para 34 megawatts (MW) a capacidade energética fornecida pela infra-estrutura, tornando a província da Lunda Norte a mais iluminada da região Leste do País.

O projecto apresenta uma execução física na ordem dos 72%, com previsão de ensaios de duas das quatro turbinas ainda este ano.

A barragem vai gerar uma potência (34 megawatts) superior à necessidade local, ou seja, deverá restar cerca de 50% da energia produzida como reserva.

A entrada em funcionamento desse projecto energético, que contará com uma central composta por quatro grupos geradores de 8.5 megawatts cada, num total de 34, vai permitir a expansão de energia na cidade do Dundo e nos municípios de Cambulo e Lucapa, incluindo as localidades de Fucauma, Cassanguidi, Luxilo e Calonda.