AIPEX capacita empresários para exportaçã

AIPEX capacita empresários para exportaçã

A Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações de Angola (AIPEX) está a trabalhar na capacitação dos empresários que tencionam intervir no processo de exportação de frutas, café e outros produtos agrícolas, afirmou nesta quarta-feira, em Luanda, o presidente do Conselho de Administração da AIPEX, António Henriques da Silva.

António Henriques da Silva, que falava no arranque do seminário sobre “Procedimentos para exportar frutas e café para o mercado Sueco e da União Europeia”, numa promoção conjunta da AIPEX e a Open Trade Gate Sweden, em colaboração com a Embaixada do Reino da Suécia em Angola, sublinhou que a actividade exportadora é essencial para o desenvolvimento do país, por permitir a arrecadação de divisas, possibilitando assim o equilíbrio da balança de pagamentos.

Explicou que a formação surge no âmbito das actividades do Projecto de Promoção das Exportações e Internacionalização de empresas angolanas (Proexport), que visa auxiliar e promover as empresas nacionais a exportarem os seus produtos e a internacionalizarem-se.

Segundo o gestor, a exportação proporciona a abertura do País para o mundo e permite às empresas exportadoras competirem com as demais empresas, tanto a nível interno,  tanto externo, dotando-as de técnicas, conceitos e conhecimento de outros mercados tornando-as assim mais fortes e competitivas.

“O petróleo continua a ser o principal produto de exportação estando o Executivo angolano a fazer de tudo para que este quadros se inverta, sendo uma das medidas o fomento das exportações de produtos não petrolíferos”, disse.

Frisou que a AIPEX busca parceiros nacionais e internacionais credíveis, para dotar as empresas nacionais de conhecimento sobre os mercados internacionais para que possam ter ferramentas que permitam a inserção dos seus produtos naqueles mercados e a sua internacionalização.

Esse processo vai contribuir no desenvolvimento económico e social, diversificação da economia nacional e promoção da marca dos produtos angolanos, sendo que a AIPEX enquanto ente do Estado responsável por fomentar e promover as exportações tem trabalhado no sentido de auxiliar as empresas nacionais a exportarem os seus produtos.

Por seu turno, a embaixadora da Suécia em Angola, Ewa Polana, assegura o contínuo apoio para fomentar, apoiar, os interesses económicos e políticos, auxiliando as empresas dos dois países (Suécia e Angola).

Ewa Polana realça o potencial dos empreendedores angolanos, havendo necessidade de empoderar com micro finanças os pequenos empreendedores.

A embaixadora destacou a luta contra a corrupção, considerando como sendo muito importante, para contribuir no processo de desenvolvimento da economia nacional.

O seminário sobre “Procedimentos para exportar frutas e café para o mercado Sueco e da União Europeia” foi promovido pela AIPEX e a Open Trade Gate Sweden, em colaboração com a Embaixada do Reino da Suécia em Angola.

O evento teve por objectivo capacitar as empresas sobre informações do mercado europeu e sueco, e produtos para aqueles mercados, com destaque para o café e frutas.

Dados indicam que pelo menos 48 projectos de investimentos privados foram implementados, de Agosto de 2018 a Setembro de 2019, pela AIPEX, avaliadas em mil milhões e 754 milhões de dólares norte-americanos, criando quatro mil e 152 postos de trabalho efectivos.

mussemojamil
Author: mussemojamil

Deixe uma resposta

Close Menu
NaBanda