Governo prioriza investimento na indústria turística

Governo prioriza investimento na indústria turística

O vice-governador de Malanje para o sector técnico e infra-estruturas, Gabriel Pontes, declarou hoje, na cidade de Malanje, que em virtude do potencial turístico do país é prioritário investir na indústria turística.

Ao falar na abertura da formação sobre Brigadas Itinerantes, disse que o investimento neste segmento passa necessariamente pela formação de quadros e agentes que actuam no sector, dotando-os de ferramentas que correspondam com as exigências do momento e os desafios da economia nacional.

No encontro, que conta com directores provinciais e municipais, chefes de departamentos e quadros do turismo das províncias do Cuanza Norte, Uige e Malanje, o responsável disse ser compromisso do governo provincial trabalhar para fazer com que o turismo assuma um lugar de destaque na economia local e nacional

Lembrou que Malanje detém um vasto património histórico-cultural e recursos naturais favoráveis para rentabilização.

Por esse facto, segundo o vice-governador, se torna pretensão do governo da província, e no âmbito da diversificação da economia, transformar esses recursos em produtos geradores de empregos para os jovens e de arrecadação de receitas e riquezas para a população.

Promovida pelo Ministério do Turismo, a formação terá duração de 15 dias e visa dotar os participantes de ferramentas que concorrem para a dinamização do sector turístico do país, através de boas práticas de planificação e gestão dos pontos de atracção, fazendo face a diversificação da economia nacional.

Na ocasião, o director nacional para formação hoteleira e turística do Ministério do Turismo, João Luemba, realçou a formação aos técnicos actuar activamente no processo de planificação e desenvolvimento da actividade turística do país, de forma sustentável e inovadora, tendo em atenção as diversidades culturais.

Realçou que os quadros estarão preparados para actuar no planeamento e gestão dos pontos turísticos do país e das políticas públicas, com bases sustentáveis para fazer face aos desafios futuros de desenvolvimento local e regional.

Durante a formação, os formandos vão apreender matérias sobre restauração e similares, actividade hoteleira no país, agências de viagens, entre outros.

A formação sobre Brigadas Itinerantes, é a primeira que se realiza no país, inicialmente dirigida a quadro de Malanje, Uíge e Cuanza norte e vai abranger faseadamente técnicos e quadros do turismo das 18 províncias do país.

mussemojamil
Author: mussemojamil

Deixe uma resposta

Close Menu